quarta-feira, 22 de novembro de 2017

BOLO DE MARMELOS

BOLO DE MARMELOS




Não há duas sem três! Cá estou eu a responder pela terceira vez, ao desafio de Natal do grupo "Cantinho das Cozinheiras", onde nos era proposto recriar uma receita de um blog à nossa escolha, sendo que tinha de ser uma receita alusiva ao natal. 

Ora o que é que há muito nesta época de natal? Marmelos! E foi mesmo um bolinho de marmelos que decidi fazer, inspirado no blog "O Diário da Inês"! Podem ver a receita original aqui.

Se gostam de marmelos vão adorar este bolinho, bem fácil de fazer e muito saboroso. Cá por casa adorámos!

Ingredientes:
120 g de açúcar amarelo
120 g de manteiga
3 ovos
230 g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento
3 colheres de sopa de leite (usei leite vegetal de arroz)
2 marmelos grandes 
Raspa de um limão
;Mel para pincelar


Modo de preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Bata a manteiga com o açúcar e a raspa de limão até obter um creme. 
Junte os ovos um a um, batendo sempre entre cada adição. Adicione a farinha e o fermento e envolva bem até ter uma massa homogénea.
Por fim adicione o leite e um marmelo cortado em pedaços pequenos e envolva. 
Deite a massa numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha e por cima disponha o outro marmelo descascado e fatiado. Pincele com mel e leve ao forno por cerca de 40 minutos.
Após retirar do forno, desenforme e volte a pincelar com mel.

Bom apetite!!









segunda-feira, 20 de novembro de 2017

CROQUETES (Com Video)

CROQUETES (Com Video)





Há pessoas que preferem doces, outras que preferem salgados. Eu prefiro definitivamente salgados! Croquetes, rissóis, empadas, coxinhas, tudo! É só dizerem que gosto de certeza! Bom, na verdade nem tudo, não sou fã de chamuças... 

Os croquetes, assim como os rissóis, são daquelas coisas que gosto de ter sempre no congelador para aqueles dias de preguiça ou que por algum motivo não tive tempo para organizar a refeição com antecedência. E também para os dias de festa claro, quem não gosta de um bom salgado?

Não são nada difíceis de fazer mas deixo-vos o video para o caso de terem alguma dúvida! E se gostarem já sabem, subscrevam o canal de youtube!


Ingredientes:
500 g de carne de vaca picada com 1/2 chouriço de carne, picado 
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
Azeite
1 folha de louro
Sal

Pimenta
1 copo de água quente
2 colheres de sopa de farinha de trigo 
Pão ralado 
3 ovos


Preparação:
Leve ao lume um tacho com um fio de azeite, a cebola, o alho e a folha de louro. Deixe refogar um pouco. Coloque a carne, misture e tempere de sal e pimenta a gosto.
Deixe a carne cozinhar mexendo para que a carne se solte e vá ficando tenra.
Polvilhe com a farinha e mexa tudo muito bem, para que esta se envolva na carne. 
Adicione a água e envolva tudo. Prove e se necessário rectifique os temperos.
A carne começará a formar uma bola moldável. Pouco a pouco vá acrescentando pão ralado até que dê para moldar.
Retire do fogão e deixe arrefecer.
Molde bolinhas e dê-lhes a forma de croquete. Deixe descansar uns minutos para que fiquem mais durinhos.
Pane em ovo batido e de seguida passe no pão ralado. Repasse no ovo e de novo no pão ralado, apertando bem, para que fique uma camada espessa.

Depois pode optar por fritar ou congelar para mais tarde.

E agora o video destas delícias:




Bom apetite!!

sábado, 18 de novembro de 2017

Visitas da Mãe Galinha - Taberna Belga - Braga

Visitas da Mãe Galinha - Taberna Belga - Braga

A passeio por uns dias em Braga, já íamos de antemão com a Taberna Belga na ideia. Pelo que tínhamos andado a "investigar" a melhor francesinha do país era servida aqui e não no Porto.

Encontrámos uma cervejaria enorme e com uma fila para entrar ainda maior!! Estivemos cerca de uma hora à espera. Se valeu a pena? Oh se valeu!!




                                                  
  

O espaço interior é muito grande e tem muitas mesas. A decoração é moderna e muito acolhedora. Tem ainda um espaço exterior, perfeito para os dias de verão.




                                           



O que comemos?




  • Como sempre, os pequenotes começaram com uma sopa de legumes. Deliciosa! De seguida partilharam um hambúrguer no prato. Muito bem servido e saboroso. Vinha acompanhado por batatas fritas, ovo estrelado e arroz.



  • O meu marido, como é óbvio, pediu a bela da francesinha. E segundo ele, foi mesmo a melhor francesinha que já comeu!! Vinha acompanhada de batatas fritas. O molho era rico e intenso.



  •  Já eu optei por um Bife à taberna. Bom, mas que bife! Além de ser um prato muito bem servido, era delicioso. O bife, grande mas muito tenro, vinha acompanhado de batatas fritas às rodelas, feijão verde, ovo estrelado e ananás! 



  • Com tamanhas doses já não fomos capazes de pedir sobremesa, já não cabia mesmo mais nada! Só os pequenotes é que ainda comeram um gelado.

  


Em toda a refeição o atendimento foi sempre muito simpático e o ambiente muito afável. Uma experiência a repetir sempre que voltarmos a visitar a maravilhosa cidade de Braga.


Onde fica?
R. Cónego Luciano Afonso dos Santos 14, 4700-048 Braga

Facebook:
https://www.facebook.com/tabernabelga/


P.S.-Se quiserem conhecer um pouco mais da cidade de Braga visitem aqui.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

SOPA DE LEGUMES ASSADOS

SOPA DE LEGUMES ASSADOS




Os dias frios começaram finalmente a chegar e as minhas queridas saladas começam a ficar um bocadinho mais ausentes e a dar lugar às aconchegastes sopas.

Habitualmente faço as sopas com legumes cozidos, mas ao passar no blog da Ana, "A Casinha das Bolachas", vi uma bela sopa em que os legumes em vez de cozidos, eram assados! 

Ora lá fui eu para a cozinha fazer esta sopinha, que tão bem combina com os legumes desta época e com o bom que é ligar o forno e aquecer a casa.

Ficou uma sopa deliciosa e com sabores intensos, perfeita para entrada na nossa ceia de natal! 

E assim participo pela segunda vez, no desafio de natal, do grupo "Cantinho das Cozinheiras", onde tínhamos de escolher receitas para a nossa mesa de natal de vários blogs seleccionados.

Ingredientes:
2 batatas
1 cebola
2 cenouras
1 courgette 
8 tomates cherry
150g de abóbora
Azeite
Sal
Pimenta
1L de água


Preparação:
Pré-aqueça o forno nos 200ºC. 
Corte os legumes em pedaços pequenos, coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal e tempere com sal, pimenta e um fio de azeite.


Leve ao forno por cerca de 40 minutos.





Num robot de cozinha, coloque os legumes e a água e triture até obter um creme macio. 





Bom apetite!!


terça-feira, 14 de novembro de 2017

COROA DE CHOCOLATE E AMÊNDOA

COROA DE CHOCOLATE E AMÊNDOA




Este mês, o grupo de facebook onde participo nos desafios culinários, o Cantinho das Cozinheiras, decidiu lançar o desafio de fazermos uma receita de natal de um dos blogs listados. 
Para responder a este desafio, uma das receitas que escolhi, foi esta Coroa de chocolate e amêndoa do blog O Prazer da Cozinha da querida Cláudia. 

É uma coroa que embeleza qualquer mesa de Natal mas que tem um problema grave... é tão gulosa que não enfeita a mesa durante muito tempo! Desaparece num instante! 

É super fácil de fazer e super fácil de comer!!

Ingredientes:
1 base de massa folhada (o ideal é ser rectangular mas usei redonda)
Creme de chocolate (usei Nutella)
Amêndoa palitada

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Desenrole a massa folhada e espalhe o creme de chocolate. Por cima coloque amêndoa palitada.


Enrole a massa de forma a formar um rolo. Se estiver muito mole leve ao frigorífico por uns minutos para depois ser mais fácil cortar.
Corte o rolo ao meio, deixando uma das pontas fechada.


Entrelace as pontas e junte formando uma coroa.



Leve ao forno até estar cozido. 



Bom apetite!!




sábado, 11 de novembro de 2017

Visitas da Mãe Galinha - Restaurante Típico Ilha da Madeira - Campo de Ourique

Visitas da Mãe Galinha - Restaurante típico Ilha da Madeira - Campo de Ourique



Há imenso tempo que tínhamos na ideia ir a um restaurante de comida tipicamente madeirense. É certo que não é o mesmo do que comer realmente na ilha da Madeira, mas se o ambiente for propício a isso, pelo menos consegue-se ficar com uma ideia!

Decidimos ir ao Restaurante Típico Ilha da Madeira, exactamente por isso, porque prometia essa experiência.

O restaurante situa-se em Campo de Ourique e é bem fácil de o encontrar. O espaço interior, como não poderia deixar de ser, tem várias pinturas alusivas à ilha da Madeira e podemos logo reparar nos apoios para a típica espetada em praticamente todas as mesas. 





Devo dizer que a primeira impressão do atendimento não foi das melhores. Poucos minutos depois de nos sentarmos, iniciou-se uma discussão nada simpática entre quem estava a trabalhar no balcão de serviço, o que a mim pessoalmente me deixou muito incomodada. Achei completamente desapropriado para quem tem clientes a poucos metros.

Tentando não dar relevância a esse facto, concentrá-mo-nos no que comer. Já íamos com alguns pratos típicos debaixo de olho por isso a escolha não foi difícil.

Os pequeninos começaram por dividir uma sopa de legumes que apesar de termos pedido passada, vinha mal passada e os pequenos, esquisitos com isso, não apreciaram especialmente. Provei e estava boa, mas de facto com muitos grumos.


Já nós, começámos pelo Bolo do Caco. Um bolo muito saboroso e que comemos rapidamente e com muito gosto.




Como não poderia deixar de ser, tivemos de experimentar a Espetada de Lombo em Pau de Louro. O sabor a louro era realmente notório e embora a carne fosse boa e suculenta, muitos dos pedaços estavam mal passados. Para quem goste de carne assim penso que fosse gostar. Para nós, com os miúdos a partilhar o prato connosco, não era o apropriado. Vinha acompanhada de batata frita e milho frito.

                                           



Experimentada a espetada, pedimos também Bife de atum de cebolada com batata doce e milho frito.
Se a carne estava mal passada, o atum estava passado demais. Nem a cebola ajudou a que nos abstraíssemos do bife estar tão seco.




Em relação ao funcionário que nos atendeu, foi sempre simpático e prestável.

No que diz respeito aos preços, achei um pouco elevados relativamente à qualidade do que nos foi servido. A espetada custou 19€ e o bife de atum 12,50€. Para estes valores, estávamos à espera de algo diferente.


Onde fica?
Rua Campo de Ourique, 33/35, Campo de Ourique, Lisboa.

Facebook:
https://www.facebook.com/oilhadamadeira


Ilha da Madeira Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

PÃO DE ÁGUA

PÃO DE ÁGUA



Já sabem que tenho a "mania" de fazer tudo em casa, pão incluído! Há muito tempo que temos uma receita preferida, esta aqui, mas acho que arranjámos substituto!! 

Passei os olhos por ele no Simply by Cristina e foi amor à primeira vista, tive logo e por a mãos na massa! 

A massa, tal como a do pão que costumava fazer habitualmente é uma massa mole e que é muito fácil de preparar.

O resultado é um pão delicioso e viciante!

Deixo a receita para o meu robot de cozinha, a Cuisine Companion da Moulinex, mas podem sempre adaptar aos vossos robots fazendo a devida conversão.

Ingredientes:
550ml de água
720g de Farinha T65
7g fermento seco em pó FERMIPAN
1 colher de sopa de sal


Preparação:
Deite a água e a farinha na taça com o acessório de amassar.
Misture 20 segundos na velocidade 8. Deixe repousar por 40 minutos.
Adicione o fermento e o sal e volte a amassar durante 6 minutos na velocidade 4.
Retire a massa da taça e coloque numa tigela funda para levedar até dobrar o seu volume.
Quando tiver o dobro do tamanho, polvilhe a bancada com farinha, e dê a forma ao pão sem amassar.
Pré-aqueça o forno a 250ºC.
Coloque o pão num tabuleiro polvilhado com bastante farinha, faça um corte a meio com uma faca bem afiada.
Baixe a temperatura do forno para os 200ºC e coloque o pão no forno a cozer por 30 minutos juntamente com uma travessa pequena com água por baixo do mesmo.

P.S. Com esta massa fazemos sempre 2 pães do tamanho que vêm na imagem, reservando no frigorífico a massa que não utilizamos logo. No momento de utilizar, retirar do frigorífico uns 30 minutos antes de colocar no forno. 

Bom apetite!!

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

ROLO DE CARNE RECHEADO COM QUEIJO, FIAMBRE E ESPINAFRES (COM VIDEO)

ROLO DE CARNE RECHEADO COM QUEIJO, FIAMBRE E ESPINAFRES (COM VIDEO)




Sabem aqueles pratos que podem deixar preparados e depois é só colocar no forno? Assim são os rolos de carne. Habitualmente costumava apenas rechear com queijo e fiambre mas desta vez também juntei espinafres e adorámos!
Mesmo quando têm convidados é uma óptima escolha, pois é só colocarem no forno e nem precisam de lhe dar muito mais atenção a não ser para fatiar!




Ingredientes:

600g de carne picada
1 ovo
1/2 chávena de pão ralado
Sal
Pimenta
Alho em pó
4 Fatias de fiambre
6 fatias de queijo
12 fatias de bacon




Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa taça grande misture a carne moída, o ovo, o pão ralado, o sal, a pimenta e o alho em pó. Misture tudo e envolva com as mãos até ficar homogéneo.
Forre um tabuleiro de forno com papel de alumínio e estenda a carne no mesmo de forma a criar um rectângulo. Cubra com fiambre, queijo e espinafres.
Enrole a carne de forma a formar um rolo, apertando bem. Reserve.
Noutra folha de papel alumínio, coloque as tiras de bacon.
Tire o papel de alumínio do rolo de carne e coloque numa das extremidades das tiras de bacon. Com a ajuda do papel, enrole o bacon no rolo de carne. Feche bem e leve ao lume por 35 minutos.
Após esse tempo, aumente a temperatura para 250ºC. Remova o papel de alumínio, coloque uns palitos a prender o bacon para não desenrolar, e deixe assar por mais 20 minutos até que o bacon esteja crocante.

                                

                                         

Para que não fiquem dúvidas deixo também a receita em video! Se gostarem já sabem, subscrevam ao canal!





Bom apetite!!


sábado, 4 de novembro de 2017

Visitas da Mãe Galinha - Lisboa à Vista - Seixal

Visitas da Mãe Galinha - Lisboa à Vista - Seixal



Com tanta oferta que temos hoje em dia, um restaurante para chamar à atenção tem de primar pela diferença e qualidade. O restaurante de que vos falo hoje tem ambas as características!

Querem mais diferente e original do que um restaurante dentro de um cacilheiro cheio de história?
Pois é isso mesmo, no Seixal, no cais da Mundet, podem encontrar o Lisboa à Vista, no antigo cacilheiro Rio Tejo Segundo.

O menu é da responsabilidade da Chef Dina Oliveira e podemos ter uma deliciosa refeição com uma vista linda: Lisboa!

O ambiente é completamente de acordo com a temática náutica e podemos desfrutar de vários espaços: Bar, Restaurante, Esplanada exterior e uma sala museu.



                                                
                                                







  • O que comemos?
O Lisboa à Vista é muito reconhecido pelos seus pratos de bacalhau e por isso não poderia faltar na nossa degustação da ementa. 

Começámos por uma Tábua de enchidos e queijos




Seguimos com uma Canja de ameijoas e ovo escalfado. Deixem-me que vos diga que esta "canja" me fez lembrar lembrar a minha tão adorada açorda alentejana mas com ameijoas. Adorámos!




De seguida, Lombo de bacalhau confitado, puré de grão-de-bico, espinafres salteados e crocante de queijo da ilha. Um bacalhau cozido em azeite a baixas temperaturas e que fica tão bem acompanhado pelo puré de grão.



                                     


Seguiu-se Bacalhau com crosta de broa de milho. Igualmente bem confeccionado, este bacalhau que teve 9 meses de cura!



Para terceiro prato de bacalhau, provámos o Bacalhau frito com cebola. Para mim o melhor de todos os pratos de bacalhau. Estava simplesmente delicioso!







Terminada a temática "Bacalhau" foi hora de experimentarmos o Polvo na brasa com batatas a murro assadas e farofa de azeitona desidratada. Como super fã de polvo que sou, gostei muito! Polvo tenro e muito saboroso.


Quase a terminar, veio uma das surpresas da noite, o Filet Mignon acompanhado de puré de batata doce, batata sauté e legumes salteados. E porquê a surpresa? Porque num restaurante onde o bacalhau é rei não estávamos à espera que a carne fosse igualmente cuidada. Mas era! E o puré de batata doce? DELICIOSO!!






Para terminarmos em grande, uma sobremesa mix deliciosa, com café, Cheesecake e Tiramisú! Podemos ainda experimentar o delicioso e amêndoado doce que homenageia a cidade do Seixal, o Pastel da Fidalga. Bela forma de terminar! 





Como podem ver pelas fotografias o empratamento é muito cuidado e elegante, fazendo com que os nossos olhos também comam. O atendimento foi sempre muito simpático e esclarecendo-nos sempre acerca das características dos pratos servidos.
Os preços, na minha opinião, estão perfeitamente adequados à qualidade do que é serviço e também à belíssima e diferente experiência de ter uma refeição num local tão emblemático, cheio de história e com uma vista fantástica!

A voltar muitas vezes!


Onde fica?

Cais da Mundet, Avenida da República, Seixal

Facebook:

https://www.facebook.com/cacilheirolisboaavista/

Lisboa à Vista Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato